segunda-feira, 18 de março de 2013

Mini-Fic Jemi Be Your Everything parte 1


Poderia se passar milhares de anos mas sempre que ele a visse sentira suas pernas fraquejarem,borboletas brincariam no seu estômago e seu coração corria um sério risco de parar de tão forte que batia.Sempre seria assim!
Não tem um momento da sua vida que Joe possa dizer que Demi não estava presente.Desde criança sua mãe lhe conta a história de quando ela e a mãe de Demi estavam em uma reunião de reencontro das amigas da escola quando os dois resolveram nascer.
Eles cresceram juntos eram daquele tipo de melhores amigos inseparáveis.Embora ela preferisse brincar de boneca enquanto ele de carrinho eles sempre se entendiam.
Toda vez que Joe via um casal na rua andando de braços e mão dadas e dedos entrelaçados ele imaginava que um dia seria ele e Demi assim.Ele sempre sentiu algo muito forte por ela mas como era só uma criança achava que era aquilo que todos sentiam por um amigo especial.Depois que cresceu que ele soube que aquilo que ele sentia por Demi se chamava amor.
Mas Demi sempre viu Joe do mesmo jeito,ele era apenas o seu melhor amigo,aquele cara que reclamava quando os meninos olhavam pra ela e que ficava extremamente irritado quando ela falava que ia se casar com o Hugh Jackman.
Joe nunca demonstrou sentir algo a mais que amizade por Demi,ele tinha medo de como ela iria reagir e por isso tentava esconder de todos que a amava mais que a própria vida.
Mas chegou um momento que ele simplesmente não conseguia mais olhar pra ela sem sentir aquela enorme vontade de a ter em seus braços e poder gritar ao mundo que ela finalmente era sua.
Ele tentou adiar ao máximo o dia em que contaria pra ela sobre seus sentimentos mas não conseguiu por muito tempo.Ele jurava que ela iria ter uma crise e iria jogar tudo que estava ao seu alcance nele mas contrariando todos os pensamento de Joe não foi isso que aconteceu.
Quando ele disse que a amava ela simplesmente não teve nenhuma reação e ele respeitou o choque dela,deu um tempo para que ela pensasse e quando ele a pediu em namoro ela respondeu com um simples tudo bem.Fogos de artifício foram acionados em seu coração e com um sorriso gigante nos lábios ele a beijou e pode saciar toda a vontade que sentia a anos te a ter em seus braços.
Demi não gostava de Joe como um possível namorado,ele era e sempre seria o seu melhor amigo,ela só aceitou o pedido porque desde que eram crianças ela nunca soube dizer não pra ele,Demi nunca aprendeu a negar algo quando Joe estava na sua frente fazendo uma carinha fofa de cachorro que caiu da mudança e o pior de tudo é que aquela era a sua cara normal,sempre teve o rosto de uma criança fofa que todos os adultos gostam de apertar as bochechas e é por sempre ter essa expressão que ela não soube como dizer a ele que não o amava,não como ele queria.
Foram seis meses até que Demi finalmente contou para Joe que não o amava como um namorado,pra ela Joe sempre seria seu melhor amigo.
Mas pra ele não era tão simples assim,ele a amava e essa sentimento não passaria do dia para a noite.
Hoje faria exatamente três meses que eles não estavam mais juntos e para o azar de Joe em sua casa hoje ocorreria mais um dos tradicionais jantares que seus pais e os de Demi faziam para,segundo eles mesmos,botar o assunto em dia e por uma noite voltarem a ser adolescentes.
Joe tentou de todas as formas fazer com que sua mãe permitisse que ele ficasse no quarto mas ela não deixou e então ele teve que se preparar para que quando visse Demi ele não corresse até ela e perguntasse o que ela tinha na cabeça que não conseguia enxergar o quanto eles eram perfeitos juntos.
Os pais de Demi e ela já haviam chegado e estavam em uma conversa muito animada sobre gírias antigas mas Joe não estava na sala e isso estava deixando Demi mais que curiosa.
Demi:Tia
Denise:Fala querida-sorri-
Demi:O Joe não está em casa¿
Denise:Está sim
Demi:Por que ele não está aqui¿
Denise:Ele deve estar vendo alguma coisa na Tv você conhece o Joe-sorri-Por que você não vai chama-lo¿
Joe:Não precisa mãe eu já estou aqui
Denise:Por que demorou¿
Joe:Eu estava vendo Tv-dá de ombros-
Dianna:Como você está Joe¿
Joe:Como sempre
Paul:Filho
Joe:Me desculpem eu não estou me sentindo muito bem hoje
Denise:por isso queria ficar no seu quarto¿
Joe:Talvez por isso talvez por...-olha Demi-eu vou ficar bem
Denise:Se está tudo bem então vamos continuar com a nossa conversa

Denise,Dianna,Paul e Eddie continuaram sua conversa animadamente enquanto Joe ficou escorado em um canto da sala.Demi o observava com uma expressão triste no rosto,quando terminou com Joe ela não imaginou que ele ficaria assim e que passaria a ignorar ela.
Demi não estava mais suportando ficar afastada de Joe,ela não sabia viver sem ele e suas piadas sem aquele sorriso que fazia seu dia valer a pena.Ela sentia falta dos abraços apertados que Joe lhe dava quando estavam namorando e mesmo que eles fossem amigos desde sempre ela só descobriu o quão bom eram os abraços de Joe depois que começaram a namorar.
Pra ser bem sincera Demi já estava começando a repensar o término de seu namoro com Joe.

6 comentários:

  1. Okay..
    Isso ta lindo..
    Poxa, Demi..Lerdinha heim??..kkkk
    Ameii..
    Posta Logooo
    <3

    ResponderExcluir
  2. E verdade demi lerdinha, como sempre ;)
    Tá perfeito,posta logoo,beijos <3<3<3<3

    ResponderExcluir
  3. é a cara da demi , demorar pra perceber as coisas !!! #partiu ser lerda pra sempre kkkkkkkkkkkkk perfeito

    possta logooo

    ResponderExcluir
  4. Demi como sempre lerdinha,adorei o primeiro capítulo.

    ResponderExcluir
  5. OII vc lembra que eu te pedi para postar algumas mini fics e como vc deixou, eu resolvi postar mais os créditos estão com o link do seu blog. mais uma vez obrigada por ter deixado se quiser conferir :http://casamento-acidental.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. divulga? wwwsasse.blogspot.com
    não tem ponto entre www e sasse
    adoro a sua fic, posta logo..
    a demi é ilária

    ResponderExcluir