segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Mini-Fic__Inimigos naturais


Desde a primeira vez que o vi sabia que ele era diferente,seus belos olhos castanhos me diziam isso,Joseph parecia vir de uma época passada,suas roupas,seu jeito e mesmo que eu nunca tenha falado com ele Joseph fez nascer em meu interior um sentimento totalmente novo.
Era segunda-feira,eu estava indo para a escola quando um belo porshe para ao meu lado,fiquei,confesso,com medo,lentamente o vidro foi sendo abaixado revelando que o motorista e dono do belo carro era Joseph,ele me ofereceu uma carona,tenho que admitir que fiquei anestesiada com o som de sua voz,rouca mas ainda imponente.Aceitei a carona ainda sem ter certeza disso.
_você sabe o que sou não sabe¿
_O Maximo que sei é que se chama Joseph e veio da Itália.
_Não seja tola Demetria e acima de tudo não minta para mim.-Joseph gritou me assustando e a partir daquele momento eu sabia que as coisas só iriam piorar.
_Não estou mentindo,alguma vez falei com você para saber algo mais¿
_Você sabe que somos inimigos naturais,bruxas e vampiros nunca serão amigos,me surpreende que você ainda não tenha tentado me matar.
_Eu não sei do que você está falando
_Não tente disfarçar Demetria
Joseph parou o carro e uma estrada deserta e saiu me arrastando em direção à uma pequena floresta.
_Para onde você está me levando¿
_Para um lugar que você deveria estar há muito tempo.
_Para!Quem você pensa que é para me tratar desse jeito¿-Disse parando de andar e o encarando.
_Sua família vem perseguindo a minha a séculos eu apenas estou invertendo as coisas.-Disse ele voltando a me arrastar pela floresta e direção a uma casa que eu podia avistar mais a longe.
_Você acha que vai levar isso muito longe¿Eu sou de família nobre logo estarão todos atrás de mim.
_E olhe pra mim,eu sou um vampiro,mato todos em um piscar de olhos.E ali o silencio reinou,adentramos naquela casa e era muito mais tenebrosa do que eu podia imaginar,totalmente escura e o cheiro de éter era insuportável.
_Espero que a bela senhorita goste do lugar que escolhi para lhe matar.
_Você é louco!Agora entendi por que meu pai não queria me ver perto de você
_Eu não ia esperar você vir e me matar,eu que mato você
_Então antes me responda,por que você se mudou para Bodie¿
_Cidade pequena,fica mais fácil de esconder minha verdadeira identidade.Agora minha vez de perguntar,como consegue esconder de todos que você é uma bruxa¿-Ele me jogou no chão e virou de costas para mim,seu maior erro!
_Sou muito discreta,como agora!
_Ah,o que você fez comigo¿-Ele gritava desesperadamente
_Você é realmente muito burro,você sendo um vampiro me trouxe em uma casa de madeira¿Impressionante
_Somente madeira não iria fazer isso!-Falou ele ainda gemendo de dor
_Madeira com sangue de hibrido que sempre carrego comigo para este tipo de situação
_Eu te odeio!
_Que pena que não teremos tempo para discutirmos a relação já que você está....Morrendo!

Lentamente vi Joseph morrer,depois do que aconteceu voltei para minha casa,tomei um banho relaxante e fui dormir tranquilamente,afinal Joseph Salvatore não existia mais!


Respondo do capítulo

Um comentário:

  1. A mini-fic já acabou,porque eu AMEI ela ?! Beijos

    ResponderExcluir